28 de jul de 2013

OUVIR MÚSICA DURANTE A GESTAÇÃO

ALGUNS ESPECIALISTAS RELATAM QUE O BEBÊ, QUANDO NASCE, TRAZ A MEMÓRIA AUDITIVA, PORTANTO, A MÚSICA TORNA-SE UM ALIADO MUITO IMPORTANTE PARA O BEBÊ, INCLUSIVE APÓS SEU NASCIMENTO, ACALMANDO-O QUANDO OUVE A MESMA MÚSICA QUE OUVIA QUANDO ESTAVA DENTRO DO ÚTERO DA MAMÃE.





O LÍQUIDO AMNIÓTICO É UM EXCELENTE CONDUTOR DE SOM PARA O BEBÊ,  A MAMÃE DEVERÁ OUVIR UM SOM QUE LHE AGRADE PARA PODER AGRADAR TAMBÉM O BEBÊ, DESDE QUE HAJA BOM SENSO, CLARO QUE NÃO DEVE OUVIR UM ROQUE, A MAMÃE PERCEBERÁ O QUE AGRADA SEU FILHINHO, ELE FICARÁ MAIS TRANQUILO OU MAIS AGITADO.


À PARTIR DA 20ª OU 21ª SEMANA DE GESTAÇÃO, O BEBEZINHO JÁ RECEBE ESSAS INFORMAÇÕES, OU SEJA, O QUE A MAMÃE FALAR, CANTAROLAR, JÁ ARMAZENA EM SUA MEMÓRIA, POR ISSO, A MAMÃE TEM QUE ESCOLHER UMA MÚSICA PARA OUVIR E CANTAR DURANTE A GESTAÇÃO E A MESMA MÚSICA APÓS O NASCIMENTO DE SEU FILHINHO.

26 de jul de 2013

PERÍODOS DO PARTO NORMAL

Olá mãezinha!!!

Você sabia que o parto normal é dividido em 4 períodos?



PRIMEIRO: Dilatação




•Avaliada através do toque vaginal;

•Medida em centímetros (de 1 à 10);


•Indução (ocitocina e rompimento 
artificial da bolsa).






SEGUNDO: Expulsivo




•Nascimento 
do bebê.



TERCEIRO: Dequitação




•É a saída de todos os anexos embrionários, como cordão umbilical, placenta.




QUARTO: Greemberg



É a primeira 
hora após 
o parto;

Contração uterina;

Controle do 
sangramento.


23 de jul de 2013

EXERCÍCIOS FÍSICOS DURANTE A GESTAÇÃO




Os exercícios ajudam a gestante a aumentar seu  tônus muscular, sua força e  resistência, o que ajudará seu corpo a carregar o peso extra da gravidez,  além de  preparar  para o esforço do parto e preparando seu corpo a voltar à forma depois que o bebê nascer. 



 Também diminui desconfortos físicos, como dores nas costasprisão de ventrefadiga e inchaço, auxiliando a manter seu humor mais estável e sua auto-estima e seu sono em dia.

Quando a mulher tem um bom condicionamento físico antes de engravidar, ela fica com mais condições de manter um bom nível de atividade durante a gestação, já que não é hora, na gravidez, de experimentar esportes novos ou de mais impacto. 


16 de jul de 2013

PARTO


OLÁ  QUERIDA  MAMÃE!!!!!


PARTO são vários fenômenos que ocorrem no organismo da gestante para ocorrer a expulsão do bebê (a partir  de quinhentos gramas), sem importar a via do nascimento.


PARTO NORMAL: 
existem fatores que interferem  para que o parto seja normal: 
"seu bebê deve estar em posição cefálica (de cabecinha para baixo); você deverá ter contração do útero e dilatação do colo do útero; e você deverá estar em  boas condição físicas e psíquicas, quebrando assim o circulo vicioso do MEDO, que levará você a ficar TENSA, fazendo com que aumente sua DOR."  

E para saber  se seu bebezinho e você, mamãe, estão prontos para se olharem pela primeira vez, existem alguns sinais e sintomas a serem observados:é a queda do fundo uterino (sua barriga fica visivelmente mais baixa); poderá sentir saída de muco pela vagina (onde caracteriza a perda do tampão mucoso); contrações uterinas, rítmicas e com intervalos que diminuem com o passar do tempo; e ou o rompimento da bolsa.
 





12 de jul de 2013

Semana a semana

Enfim a quadragésima semana!!!

Não dá para ter certeza absoluta do tamanho que seu bebê terá ao nascer, mas a média dos recém-nascidos vem ao mundo com cerca de 3 quilos e medindo por volta de 50 centímetros. Quer um motivo para rir? Imagine que tem uma... abóbora dentro da sua barriga agora! 
Os ossos da cabeça do nenê ainda não estão totalmente unidos, o que permitirá que eles se sobreponham um tantinho se a passagem do canal de parto estiver bem apertada. Essa flexibilidade óssea é o motivo por que muitas crianças nascem com uma cabeça meio pontuda. Se for o caso do seu filho, não se preocupe. É normal e temporário, e daqui a pouco a cabeça fica redondinha de novo. 
É provável que você esteja sofrendo com o inchaço dos pés e das mãos, principalmente quando esquenta. Esse é um dos desconfortos da gravidez que mais demora para passar. 
Depois do parto, você vai inchar MAIS AINDA antes de se livrar do excesso de líquido. Prepare-se para transpirar muito nas semanas seguintes ao nascimento do bebê. 
Peça sapatos emprestados, de tamanho maior que o seu, inclusive para levar para a maternidade. Depois de 15 ou 20 dias, seus pés vão finalmente desinchar, mas você vai notar que mesmo assim eles ficaram um tantinho maiores do que eram antes. É verdade: gravidez faz o pé aumentar! 
Se você perceber um inchaço diferente do normal, muito repentino, especialmente no rosto ou nas mãos, procure o médico, porque pode ser um sinal de pré-eclâmpsia. 

Semana a semana

A trigésima nona semana...

O peso considerado normal para um recém-nascido é entre 2,5 e 3,8 quilos. O comprimento pode variar entre 46 e 54 centímetros. Imagine uma melancia dentro da sua barriga! 
Seu líquido amniótico, que era translúcido, agora está mais opaco e leitoso por causa do verniz caseoso, a camada viscosa que envolvia o bebê e começa a se desfazer. As camadas mais externas da pele dele também estão descamando, enquanto se forma uma camada nova. 
Se você achar que os movimentos do bebê diminuíram ou pararam, procure o médico. O mais provável é que o bebê esteja apenas dormindo, mas o melhor é tirar a dúvida e descartar a probabilidade de algum problema. 
O grande dia está chegando, e logo você vai estar com seu bebezinho nos braços. Não é incomum os bebês só nascerem depois da data prevista para o parto. 
Não tem jeito: os últimos dias da gravidez parecem mais compridos que a gestação inteira. Concentre-se nos preparativos finais para se distrair. A mala da maternidade já foi feita e conferida?
Se você não tiver nenhum sinal de trabalho de parto, converse com seu médico para saber o que ele pensa da possibilidade de induzir o parto normal, antes de partir direto para a cesariana, que tem uma recuperação mais demorada. 
Nas consultas com o obstetra, ele provavelmente fará um exame interno para ver se você já tem alguma dilatação no colo uterino. Faça muitas perguntas e não tenha vergonha de procurar o médico ou a maternidade em caso de preocupação ou alarme falso. Eles estão mais do que acostumados. 
Você já deve ter visto na TV e em filmes aquelas cenas em que a bolsa rompe e a mulher começa a sentir dores na hora. Na vida real, não é bem assim. Só em 15% dos casos a bolsa estoura antes de o trabalho de parto começar. 
Talvez você veja um "sinal", um pouco de sangue na calcinha ou uma substância gelatinosa, que o chamado tampão mucoso. A saída do tampão não quer dizer que o trabalho de parto seja iminente. Ele pode começar um ou dois dias depois, ou até uma semana. 
Se este é seu primeiro filho, o trabalho de parto deve ser lento, mas há formas de acelerar o processo, tanto com meios naturais quanto artificiais, determinados pelo obstetra. 

10 de jul de 2013

Semana a semana

A trigésima oitava semana...

Nesta semana, os bebês pesam em média entre 3 e 3,2 quilos, e continuam acumulando gordura para ajudar a controlar a temperatura depois do nascimento. Mas o peso varia muito. Desde que o bebê nasça com mais de 2,5 kg, qualquer peso é considerado normal. 
Os órgãos e sistemas do seu bebê estão plenamente desenvolvidos, mas os pulmões são os últimos a amadurecer por completo. (Mesmo depois do nascimento, pode ser que demore algumas horas para que o bebê adquira um ritmo normal de respiração.) 
Morrendo de curiosidade com a cor dos olhos do seu filho? A maioria dos bebês nasce com olhos azul escuro, mas a verdadeira cor só se define mesmo vários meses depois. A cor que você verá logo depois do parto vai durar pouco -- a exposição à luz muda imediatamente a cor dos olhos do bebê. 
No caso de bebês negros ou de origem asiática, os olhos são cinzentos ou castanhos no começo, e assumem o tom preto ou castanho escuro depois dos primeiros seis meses de vida, ou até depois do primeiro aniversário. 
Estas duas últimas semanas demoram um pouco para passar. Mas é um bom momento para dar os últimos retoques no quarto do bebê ou fazer coisas que depois não vai poder fazer: ir ao cabeleireiro, resolver uma questão no banco, rechear os armários para não ter de fazer supermercado tão cedo... 
O inchaço nas pernas e nos pés é bem comum nesta fase, ainda mais se estiver calor. Se você inchar de repente no rosto ou nas mãos, ou aumentar muito de peso de um dia para o outro, avise o médico, porque esses são sintomas da pré-eclâmpsia.
Uma toalha embaixo do lençol pode ajudar a evitar manchas no colchão se por acaso estiver vazando colostro dos seus seios. Dependendo, também pode diminuir o desastre se a bolsa estourar no meio da noite. 

9 de jul de 2013

Semana a semana

A trigésima sétima semana...

Seu bebê pesa por volta de 2,8 quilos, e pode ter até 50 centímetros de comprimento. Imagine que ele está do tamanho de um pé de alface grande, mas bem mais pesado! 
A cabeça, do bebê, na maioria dos casos, está encaixada na cavidade pélvica -- cercada e protegida pelos ossos da sua pelve. Essa posição abre espaço para as pernas e o bumbum do bebê, que estão bem apertados dentro do útero. 
Muitos bebês já são cabeludinhos. Mas não se surpreenda se a cor do cabelo do seu filho for totalmente diferente da do seu. Casais de cabelos castanhos são pegos de surpresa às vezes com um filho bem loiro, e o contrário também acontece. E há, é claro, aqueles bebês que nascem totalmente carecas. 
Por falar em cabelo, a maior parte da camada de pelo fininho, o lanugo, que cobria seu bebê a partir da 26a semana, já desapareceu, assim como a maioria do verniz caseoso, a substância esbranquiçada e viscosa que também envolve o corpo dele. 
É provável que esta semana você tenha dificuldades para dormir. Há pesquisas mostrando que o terceiro trimestre é o pior para o sono da grávida. Dormir quase sentada, com a ajuda de travesseiros, ajuda a aliviar a azia. É importante continuar a se alimentar bem neste finzinho de gravidez. 
Nesta etapa talvez você sinta com mais frequência as contrações de treinamento. Às vezes elas vêm seguidas e dão até a impressão de que é o trabalho de parto. Para ser trabalho de parto mesmo, elas têm de ser cada vez mais fortes. 
É possível que você tenha mais secreção vaginal. Isso é normal. Um fiapinho de sangue na calcinha também não é motivo de preocupação. Mas procure o médico se tiver sangramento de verdade.

8 de jul de 2013

Semana a semana

A trigésima sexta semana...

Seu bebê continua engordando, até 30 gramas por dia. Ele deve estar pesando por volta de 2,7 quilos, com 45 centímetros de comprimento. 
Pode ser que você sinta aumentar a pressão no baixo ventre, e note que seu bebê está descendo. Quando ele encaixar, seus pulmões e seu estômago vão agradecer, e você conseguirá respirar e comer um pouco melhor. 
A boa notícia é que, no fim desta semana, sua gravidez será considerada "a termo", ou seja, se o bebê nascer já não vai mais ser considerado prematuro.
Você anda esquecendo compromissos? Está difícil trabalhar? A sensação de estar avoada é comum neste último trimestre. 
Além das mudanças hormonais, você provavelmente não está dormindo direito de tantas vezes que precisa levantar para fazer xixi. Tem um monte de coisas para organizar, e não consegue parar de pensar em como vai ser o parto e o rostinho do bebê. Para ajudar, relembre as táticas para dormir bem na gravidez. 
É ótimo guardar o máximo de licença-maternidade para depois do parto, mas não precisa ser supermulher: se você estiver se sentindo muito pesada e estiver difícil trabalhar, converse com o obstetra.

Amamente!

Além de fortalecer o vínculo afetivo entre mãe e bebê, esse ato de amor resguarda a saúde de ambos.

Exaustivamente investigados pela ciência, os benefícios do aleitamento materno para a saúde do recém-nascido são inúmeros e incontestáveis, abrangendo desde a prevenção de alergias até a diminuição do risco de obesidade. Não à toa, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda a amamentação exclusiva e por livre demanda até o sexto mês de vida do bebê. Mas os pequenos não são os únicos a tirar proveito das mamadas regulares. Estudos mais recentes comprovam que oferecer o peito confere, às mães, proteção contra o câncer de mama, quando a amamentação ocorre na faixa dos 20 anos de idade. Um levantamento realizado pela instituição inglesa World Cancer Research Fund contabilizou quase 5% de redução na probabilidade de a doença dar as caras entre as mulheres que amamentaram por um ano.
Esse efeito positivo seria justificado por alguns mecanismos. A sucção do leite promoveria uma esfoliação interna do tecido mamário, eliminando eventuais células defeituosas, precursoras de tumores. Amamentar também reduz o número de ciclos menstruais ao longo da vida, com consequente diminuição na produção de estrogênio. Sem contar que, ao final da lactação, ocorreria um processo programado de morte celular, induzindo a renovação dessas unidades. Às mamães que deram a luz uma menina, um argumento extra em prol da amamentação: ora, se o leite materno previne a obesidade no futuro e esta, por sua vez, é o fator de risco para tumores mamários, dar o peito é uma precaução bem-vinda para resguardar sua filha desde cedo.
Após o primeiro semestre de vida do bebê, vale a pena prosseguir com o aleitamento, complementando-o com a introdução de outros alimentos.

7 de jul de 2013

Semana a semana

A trigésima quinta semana...

A partir de agora seu bebê se movimenta com mais freqüência, dando mais chutes, e seus órgãos internos estão nos retoques finais para o nascimento. 
Nesta semana ele pesa aproximadamente de 1850 a 3250 gramas e seu comprimento está entre 42 e 44 cm. 
Você está entrando nas últimas semanas de gravidez e a dificuldade para dormir aumentou muito. 
Além da barriga, é claro, isto pode estar sendo causado por sua ansiedade e preocupação em relação ao parto e a saúde do seu bebê, bem como por inúmeras razões físicas. 
Algumas pessoas dizem que isto é provocado pela própria natureza, que está preparando a mãe para a vida com o bebê. Seja o que for, o importante é ficar tranqüila e transmitir segurança ao seu bebê. 

6 de jul de 2013

Semana a semana

A trigésima quarta semana...

Seu bebê está pesando 2,2 quilos, mais ou menos, e já passa dos 45 centímetros de comprimento. 
Se você ainda não tomou coragem para conversar com seu bebê, este é um bom momento para começar. A esta altura, a audição do bebê está completamente desenvolvida. 
Não precisa se sentir ridícula se de repente perceber que está falando com vozinha de criança. Existem provas científicas de que os recém-nascidos prestam mais atenção a sons agudos. 
O parto prematuro é sempre uma possibilidade preocupante, mas é tranquilizador saber que mais de 90 por cento dos bebês que nascem na 35a semana de gestação são capazes de sobreviver -- e a grande maioria sem grandes problemas de saúde. O sistema nervoso central do seu bebê ainda está amadurecendo, mas os pulmões já estão praticamente prontos. 
Pode ser que você tenha uma sensação de formigamento ou dor no quadril. É a pressão do peso do bebê sobre os nervos. Técnicas de relaxamento ou uma massagem podem ajudar, mas, se o incômodo for muito grande, não deixe de mencioná-lo para o médico. 
Você anda tendo quedas de pressão e sensação de desmaio e tontura? É um sintoma desagradável, mas normal nesta fase. Os motivos podem ser vários. O calor é o mais frequente. Levantar-se muito rápido e ficar muito tempo sem comer são outros fatores que causam esse mal-estar.
Às vezes a grávida se sente mal quando está deitada de barriga para cima. O peso do bebê pressiona as veias e faz o coração mudar de ritmo. É só mudar de posição para se sentir melhor. É por isso que muitas vezes os médicos recomendam às grávidas dormir de lado. 
É capaz que você esteja sentindo o cansaço bater. É compreensível, com todas as mudanças por que seu corpo tem passado. Procure fazer as coisas com calma para guardar energia. Não se estresse se o quarto não estiver pronto, ou as lembrancinhas providenciadas. 
No final, tudo dá certo. Algumas roupinhas e o seu leite materno bastam para o bebê nos primeiros dias. O resto é detalhe. 

Semana a semana

A trigésima terceira semana...

Seu bebê chegou ao marco de 2 quilos, e mede por volta de 44 centímetros. É como se você estivesse carregando um abacaxi na barriga: o abacaxi mais lindo do mundo, é claro! 
Nesta fase, a criança começa a se posicionar para o parto, e normalmente fica de cabeça para baixo. 
Seu médico vai monitorar com atenção a posição do bebê nas próximas semanas. Alguns bebês resolvem ficar sentados, o que pode prejudicar a perspectiva de parto normal. 
A cabeça do bebê ainda é relativamente flexível, e os ossos não se fundiram completamente. Um dos motivos para isso é facilitar a passagem pelo canal do parto. Mas os ossos do restante do corpo estão ficando cada vez mais rígidos. A pele do bebê também perde o aspecto avermelhado e enrugado. 
Se for o seu primeiro filho, há mais chances de o bebê encaixar a cabeça na pelve esta semana, pressionando seu colo do útero. (Isso acontece com cerca de metade das mães de primeira viagem). 
Para quem já teve outro filho, a previsão é que o encaixe aconteça uma semana antes do parto -- e em algumas mulheres o bebê só "desce" no começo do trabalho de parto. 
Quando você se levanta, de manhã, suas mãos doem? Você sente os dedos formigando à noite? São problemas comuns nesta fase da gravidez. Os tecidos do pulso incham e pressionam os nervos, o que causa a dor chata nas mãos. 
Outro sintoma inesperado da gravidez é a coceira. Existe até a lenda de que coçar a barriga dá estria. A coceira generalizada é muito desagradável, mas é normal. Converse com o médico para ver o que pode fazer para aliviá-la. 
Se você estiver com uma coceira muito forte, principalmente nos pés e nas mãos, procure o médico, porque pode ser sinal de um problema mais sério, a colestase obstétrica. 

4 de jul de 2013

Semana a semana

A trigésima segunda semana...

Seu bebê pesa aproximadamente 1,7 quilo, e está com cerca de 42 centímetros de comprimento. Uma comparação em termos de peso seria o peso de um coco. 
Embora os pulmões estejam entre os últimos órgãos do bebê a amadurecer, seu filho já inspira o líquido amniótico, treinando para respirar e exercitando os pulmões. É possível enxergar o movimento da respiração num exame de ultrassom. 
Se ele nascer com o cabelo bem grosso, isso não quer dizer necessariamente que vá ter cabelo grosso mais tarde. Mas bebês que nascem com o cabelo bem fininho tendem a ter cabelo fino quando adultos. 
Se você estiver esperando um menino, os testículos dele devem estar descendo do abdome para o saco escrotal. Às vezes, no entanto, um dos testículos -- ou os dois -- não está na posição certa quando o bebê nasce. 
Em dois terços dos casos de meninos que nascem com criptorquidia (testículo que não desceu), o problema se resolve sozinho até o primeiro aniversário. 
Você deve estar engordando cerca de meio quilo por semana, e mais ou menos metade disso vai direto para o bebê. 
A quantidade de sangue que circula no seu corpo aumentou muito: está 40% a 50% maior do que era antes da gravidez. Esse sangue compensa eventuais perdas que aconteçam na hora do parto. Por causa desse sangue todo, às vezes aparecem sangramentos chatos nas gengivas e pelo nariz. 
À medida que a barriga cresce, seu centro de equilíbrio muda. Fica muito fácil perder o equilíbrio, cair ou trombar nas coisas. A coluna também sofre. O alongamento ajuda a aliviar a dor nas costas. 
As contrações de treinamento podem surgir com mais frequência. Sempre que sentir uma muito perto da outra, procure tomar um copo de água e ir ao banheiro fazer xixi. São medidas que costumam ajudar. 

Semana a semana

A trigésima primeira semana...

Os braços, as pernas e o corpo todo do bebê continuam sendo recheados de tecido adiposo (gordura), e finalmente os membros são proporcionais em relação ao tamanho da cabeça. Ele pesa cerca de 1,5 quilo e já se parece mais com um recém-nascido. 
Talvez você perceba que seu bebê não está mais fazendo tantos movimentos bruscos quanto antes. Não se preocupe, a questão é que está faltando espaço. Desde que você sinta algum movimento, não há problema. Acredite se quiser, ele ainda tem muito o que crescer. O bebê vai ganhar mais ou menos 1 quilo antes de nascer. 
Os órgãos do seu bebê continuam a amadurecer, e ele já urina água, num treino do trato urinário para depois do nascimento. Exames que produzem imagens do cérebro já mostraram que, por volta do oitavo mês de gravidez, os fetos têm padrões de sono característicos da presença de sonhos. Com o que será que ele sonha? 
Muitas mulheres se surpreendem ao ver que seu peito está vazando líquido antes mesmo de o bebê nascer. O líquido é o colostro, uma espécie de "pré-leite". 
O importante para você é saber que: 
- É normal vazar colostro durante a gravidez. 
- É normal não vazar colostro durante a gravidez. 
- Vazar ou não colostro não tem nada a ver com a quantidade de leite que você vai produzir quando o bebê nascer. 
Se o seu peito começar a vazar, você vai ter de usar protetores de seio. Dormir de sutiã, nesse caso, vai ser inevitável. Procure um sutiã que seja bem confortável, sem fechos que incomodem à noite, e com boa sustentação. Tops de ginástica costumam funcionar bem. 

2 de jul de 2013

Semana a semana

A trigésima semana...

Os pulmões e o sistema digestivo do seu bebê estão praticamente prontos. O crescimento vai diminuir de ritmo nas próximas semanas (ele mede cerca de 40 centímetros agora), mas ele continuará engordando até nascer. 
Esta semana, seu bebê provavelmente consegue enxergar o que acontece dentro do útero, distinguindo claro de escuro e até acompanhando uma fonte de luz. Se você acender uma lanterna perto da barriga, pode ser que o bebê mexa a cabeça para olhar para a luz ou tente pegar o brilho. Há especialistas que acreditam que esse tipo de estímulo seja positivo para o desenvolvimento visual do feto. 
Mas não ache que seu bebê terá uma visão perfeita assim que nascer. Recém-nascidos só enxergam bem a uma distância de entre 20 e 30 centímetros. (Mesmo as crianças de visão normal só enxergam com 100 por cento da visão entre os 7 e os 9 anos de idade.) Para arrematar o olhar, seu bebê já tem sobrancelhas e cílios. 
O bebê está envolto por cerca de 1 litro de líquido amniótico, mas esse volume vai diminuindo conforme a criança cresce. 
Assustada por ter engordado muito esta semana? Neste mês, as grávidas ganham entre 1,5 e 2 quilos, e é absolutamente normal engordar cerca de meio quilo por semana no último trimestre. 
Seu bebê está exigindo o máximo de nutrientes para crescer tudo o que pode antes de nascer. E sua barriga vai ficando cada vez maior. Tem gente que adora, tem gente que detesta. 
Se você está gostando, desfile o barrigão por aí. Se não, o consolo é que não falta muito agora. 
Há barrigas de todos os formatos e tamanhos: alta, baixa, espalhada, compacta. E de todos os tamanhos também! 

1 de jul de 2013

Semana a semana

A vigésima nona semana...

Seu bebê está pesando cerca de 1,1 quilo, com 38 centímetros de comprimento, mais ou menos do tamanho de um talo de aipo. 
Nos meninos, os testículos descem de perto dos rins até a virilha, a caminho do saco escrotal. Nas meninas, o clitóris fica relativamente saliente, porque ainda não foi coberto pelos lábios vaginais -- que vão crescer e cobrir o clitóris nas últimas semanas antes do nascimento. 
A cabeça do seu bebê está crescendo, e o cérebro se desenvolve bem depressa. Quase todos os bebês são capazes de reagir a sons na 30a semana de gestação. 
As necessidades nutricionais do bebê chegam ao ponto máximo no terceiro trimestre. Você vai precisar de muita proteína, vitamina C, ácido fólico, ferro e cálcio (cerca de 200 miligramas de cálcio são depositados no esqueleto do bebê por dia), portanto prefira alimentos ricos nesses nutrientes. 
O esqueleto do bebê fica cada vez mais rígido, e o cérebro, os músculos e os pulmões continuam amadurecendo. 
A progesterona, hormônio que está em alta por causa da gravidez, relaxa os músculos do seu corpo. Por isso, a digestão acontece mais devagar, e você sofre com gases e queimação, principalmente depois de uma refeição mais pesada. 
E o fato de a barriga estar cada vez mais congestionada, com o bebê crescendo todo dia, não ajuda muito.
Para amenizar o mal-estar depois de comer, experimente essas dicas: 

•Observe seu corpo para ver quais alimentos fazem você se sentir mal. Frituras, chocolate, pimenta, frutas cítricas, alimentos muito massudos, refrigerantes e café são possíveis candidatos.


•Procure fazer refeições menores e mais frequentes. A presença de comida na sua barriga ameniza a queimação.

•Coma devagar e mastigue bem.

•Evite se deitar depois de comer.

•Fique por pelo menos uma hora numa posição mais ereta.