2 de jan de 2013

Está grávida? Saiba os cuidados que você deve ter no verão.

Conheça os cuidados especiais que as gestantes devem ter para aproveitar com tranquilidade os dias de sol.



Todas as recomendações que você ouve do seu obstetra precisam ser levadas mais a sério a partir de agora, que os dias de calor começam. O consumo de água aumenta, os cuidados com a pele também – sem falar nos incômodos, como inchaço e pressão baixa, que as altas temperaturas podem causar. Confira nossas dicas para sobreviver aos dias de sol e curtir muito a sua gravidez. 
Muito líquido
O ideal é que você consuma dois litros por dia. Nessa conta entram água, sucos, sopas e até alguns chás, como os de erva-doce e cidreira (os diuréticos ou com cafeína estão proibidos, OK?). Se você não tem o hábito de beber água, passe a levar uma garrafinha térmica na bolsa. Manter a hidratação ajuda a lidar com a sensação de calor excessivo e previne os temidos inchaços (quanto maior o consumo, menor a quantidade de água que o corpo vai reter) e também os casos de pressão baixa.
Protetor solar
Se ainda não é, o protetor vai ser seu mais novo melhor amigo. O uso diário é essencial para evitar o escurecimento das manchas que já existem ou o aparecimento de novas – cerca de 70% das grávidas vão apresentar esse problema –, em especial no rosto (o melasma). Use o fator de proteção 30, no mínimo, três vezes ao dia, esteja você no trabalho ou na piscina. Se for tomar sol, prefira o horário até as 10 horas ou depois das 15, e não dispense óculos escuros, chapéus ou bonés – nem descuide do barrigão.
Tratamentos que relaxam
Faça máscara com pó de argila, encontrado em farmácias de produtos naturais (basta adicionar um pouco de água para fazer a pasta). Passe no corpo todo e espere 20 minutos. Além de melhorar o inchaço, relaxa e hidrata a pele. Outra opção é bater quatro folhas de alface com 100 ml de água. Passe esse creme aquoso no rosto e deixe agir por 15 minutos.
Atividade física
Se você está decidida a ser uma ex-sedentária, converse com seu médico. Ele pode liberar a prática de alguma atividade, em qualquer período da gravidez, desde que sua saúde e a do bebê estejam bem. Caminhadas e hidroginástica, como você imagina, são as recomendadas porque trabalham a musculatura sem oferecer risco de queda. Faça duas ou três vezes na semana, por cerca de meia hora, quando a temperatura estiver agradável. Quem já praticava exercícios deve reduzir o ritmo de treinamento no verão. Quando você se exercita, os músculos ajudam a bombear o sangue dos membros inferiores em direção ao coração, evitando o inchaço. Se sentir palpitação, dor abdominal ou vermelhidão no rosto, interrompa a prática e fale com seu obstetra. 
Fontes: Ademir Júnior, dermatologista e tricologista, Antonio Tavares Carneiro Sobrinho, ginecologista e obstetra, professor adjunto do departamento de ginecologia e obstetrícia da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro; Disgo Leite de Barros, fisiologista do Hospital do Coração (SP); Ediléia Bagatin, dermatologista, professora adjunta do departamento de dermatologia da Universidade Federal de São Paulo; Gilvania Bernardes dos Santos, esteticista e coordenadora do Kabanah Spa (SP); Maria Auxiliadora Bernardi, gineologista e obstetra, médica titular do departamento de mastologia do Hospital AC Camargo (SP) e coordenadora de mastologia do município de São Caetano do Sul (SP); e Maria Rita Bortolotto, responsável pelo setor de cardiopatia e gravidez e assistente da clínica obstétrica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo; mariano tamura, do Hospital Albert Einstein (SP).

1 comentários:

Milena Oliveira disse...

Adorei! Bjs

Postar um comentário