9 de jan de 2013

Boa saúde bucal de gestante diminui risco de prematuros

A prevenção de infecções dentárias e de gengiva reduz em um terço o risco de partos prematuros.


Você sabia que infecções bucais em gestantes podem causar um aumento na produção de substâncias no organismo que induzem ao trabalho de parto? Por isso, é tão importante fazer consultas no dentista durante a gestação ou mesmo antes dela.

Segundo um artigo divulgado no Daily Mail, uma pesquisa comprovou que mulheres grávidas que tratam seus problemas bucais podem reduzir em um terço o risco de parto prematuro. As gestantes participantes da pesquisa que tinham doença periodontal (na gengiva), e consequentemente um alto risco de dar a luz prematuramente aos seus bebês, foram beneficiadas com tratamentos de raspagem e alisamento radicular.
Esses procedimentos promovem uma remoção de tártaro perto da linha da gengiva, reduzindo o risco de doença periodontal grave. Embora a ligação entre doença de gengiva e parto prematuro não é totalmente esclarecida, estudos anteriores mostraram que melhorar a saúde oral reduz o risco.
Os médicos já demonstraram anteriormente que infecções graves na gengiva causam um aumento na produção de prostaglandinas no organismo, que são substâncias que induzem ao trabalho de parto.
De acordo com os registros de medicina, os nascimentos prematuros são definidos como os bebês nascidos antes de 37 semanas de gravidez e têm sido associados em históricos a baixos níveis de saúde oral das mães. Só na Inglaterra, 54 mil bebês nascem prematuramente a cada ano.
A nova pesquisa, publicada no Journal of Periodontology e feita pela Escola de Medicina Dental de Harvard, descobriu que havia uma redução de 34% no risco de nascimentos prematuros em gestantes que sofriam com a doença periodontal, mas foram submetidas a tratamentos simples no dentista.
Dr. Nigel Carter, diretor executivo da Fundação de Saúde Dental Britânica, disse que a pesquisa confirmou a necessidade de futuras mães a cuidar de sua saúde bucal durante a gravidez: "Este trabalho contribui para as crescentes evidências que sugerem que a saúde bucal durante a gestação é particularmente importante”, comentou.
O profissional acrescentou ainda que as consultas regulares com o dentista não podem ser deixadas de lado nessa época: "O dentista é capaz de lhe dar conselhos sobre como cuidar de seus dentes e gengivas da melhor forma, fazer uma limpeza completa e outros procedimentos necessários”, recomenda. Por isso, se você está grávida ou está planejando uma gestação, é de grande importância fazer uma visita ao dentista que irá avaliar a sua saúde bucal.

0 comentários:

Postar um comentário