26 de dez de 2012

Os benefícios dos líquidos na gravidez.

Água, chás e sucos são liberados, enquanto o café e refrigerantes precisam de moderação. Veja por que é importante se manter hidratada durante os nove meses.

Você sabe como se manter hidratada é fundamental para a saúde. Mas na gravidez essa importância dobra. Os líquidos ajudam na circulação sanguínea do útero e da placenta, além de melhorar as condições nutricionais da criança. É importante diversificar. Bebidas como água, sucos e alguns chás, como erva-doce, erva-cidreira e camomila, são liberados durante os nove meses. Já o café e o refrigerante devem ser consumidos com moderação. "A mulher não pode abusar do café porque ele diminui a absorção de cálcio no organismo", afirma Walter Banduk, ginecologista e obstetra do Hospital e Maternidade São Camilo (SP). "Por conta dos componentes artificiais existentes nos refrigerantes, eles também devem ser tomados em poucas quantidades", diz. 
Além de hidratar, os líquidos também combatem o enjoo e as náuseas. "Bebidas frias com sabor ácido ou amargo são ótimas para acabar com o mal-estar. Um bom exemplo é a água tônica e o suco de limão", diz o médico. Frutas e verduras com alto teor de água e fibras também são aliadas na hora de hidratar e, de quebra, ainda evitam o intestino preso e a pele ressecada. 

Quanto às bebidas alcoólicas, fuja delas durante a gravidez e a amamentação. Alguns médicos até liberam uma quantia mínima em ocasiões especiais,"Em ocasiões muito especiais, a grávida pode tomar uma tacinha de vinho, e só", diz Walter. Abaixo você confere uma tabela com o que pode ou não beber:


0 comentários:

Postar um comentário